• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 27/11/2017

    Feira do livro de Criciúma + livros que comprei

    Olá, leitores!

    Durante o mês de outubro ocorreu a Feira do Livro de Criciúma (o post atrasou devido a eu ter ficado um bom tempo sem internet e a rotina corrida que estou tendo). A feira se resume a um corredor com estandes de livrarias e sebos e fica localizada na praça central. De forma que toda vez que eu passava no centro, acabava levando algum livro.

    Foto: arquivo pessoal
    Foto: arquivo pessoal
    Como podem ver, é bem movimentada. Em sua maioria são obras best sellers, ou seja, nada muito raro ou desconhecido. Também tinha que ficar de olho pois nem todos os estandes estavam com um preço bom:

    Foto: arquivo pessoal
    Foto: arquivo pessoal
    Vale ressaltar que tem muitos livros infantis pois há professores que levam os alunos para conhecer a feira, o que é um ótimo incentivo a leitura.

    Foto: arquivo pessoal
    Concluo que apesar da feira ser pequena, se ir com tempo dá para encontrar obras diferentes com um preço bacana. Agora vamos ao que eu adquiri na feira:

    As melhores histórias de Sherlock Holmes (Sir Arthur Conan Doyle):

    Nunca li nada do Sherlock, apesar de ter visto a série, então achei interessante começar por este livrinho que paguei R$ 19,90.

    Foto: arquivo pessoal
    Aos 20 e poucos... (Elaine Fonseca):

    Como tenho vinte e poucos o livro me chamou a atenção e estava com um preço ótimo: R$ 5. 

    Sinopse: 

    Passando pela crise que acompanha muitas mulheres em seus 20 e poucos anos, Laura se vê envolvida por várias questões cruciais de onde precisa se libertar para conseguir "sobreviver".
    Laura não difere muito da maioria das mulheres. Aos vinte e poucos anos, vive num apartamento alugado com duas amigas, estuda, trabalha e de vez em quando se vê envolvida com alguns homens complicados. Mas nem sempre é assim e, em alguns momentos, parece que a complicação vem dela ou, ainda, que o mundo todo conspira contra. Mas isso é só de vez em quando...
    Na maior parte do tempo, o que acontece mesmo é que Laura se envolve em situações inusitadas e engraçadas, mas consegue sair delas da mesma forma que entra: quase sem querer. Aos 20 e Poucos... - lançado pela Editora NovaTerra - resume a vida de uma mulher solteira que busca afirmação frente à vida adulta e tenta percorrer sua terceira década de vida driblando as dificuldades naturais da idade.
    A obra marca a chegada de Elaine Fonseca ao mercado e traz uma visão brasileira ao universo feminino tão abordado e retratado por autoras estrangeiras. 

    Foto: arquivo pessoal
    A sexta mulher (Suzannah Dunn):

    Assim que vi o título já saquei que se tratava de Henrique VIII, afinal quem mais tem seis mulheres? Como meu livro favorito também se trata de Catarina Parr (leia a resenha aqui), resolvi ler mais sobre ela. Custou R$ 10.

    Sinopse: 

    Romance arrebatador sobre amor, paixão e traições na conturbada Era Tudor. Com a morte do rei Henrique VIII, sua sexta — e última — mulher, Catarina Parr, torna-se viúva após quatro anos de completa dedicação a um complicado casamento. Poucos meses após a morte do marido, Catarina conhece o atraente Thomas Seymour, com quem vive, pela primeira vez, uma forte paixão. O casal se une em um polêmico casamento, que se torna alvo de severas críticas. Sua melhor amiga, a duquesa de Suffolk, é a mais implacável opositora dessa união. Logo, as duas revelam-se grandes rivais, competindo pelo amor do mesmo homem. 

    Foto: arquivo pessoal

    Bolsas, beijos e brigadeiros (Fernanda França):

    Sinopse:

    Melissa é uma jovem e impetuosa jornalista, que vive de escrever suas deliciosas aventuras por belas e curiosas cidades do mundo. Em nova fase de sua vida profissional, ela viaja à Europa em busca de cenários para as suas matérias e também de suas raízes italianas. Em meio a essa instigante jornada, além dos percalços comuns a uma mochileira no Velho Mundo, Melissa precisa lidar com a distância de seus familiares queridos, principalmente de sua mãe— grávida de um filho temporão —, e os misteriosos sumiços de seu namorado, Théo. O que será que ele lhe esconde? Por que desaparece sem deixar rastros e reaparece como se nada tivesse acontecido? É o que o leitor irá descobrir ao ler este saboroso romance e misto de guia turístico da Europa.

    Foto: arquivo pessoal

    Eu vivi por um sonho (Maria Rosa Cutrufelli):

    Como mencionei, a feira fica na praça central da cidade, de forma a todo mundo passar por ela, eu estava indo pegar o ônibus quando vejo um romance histórico por R$ 10, sem tempo para olhar direito a sinopse (se não perderia o ônibus) compro. Só fui saber mais sobre o livro quando estava a caminho de casa. O mais intrigante é que não sei nada sobre a vida Olympe de Gouges, terei que ler a obra. Mas de qualquer forma achei o preço bem bom, o livro é grande e a edição é linda.

    Sinopse: 

    Olympe de Gouges é considerada um dos personagens mais emblemáticos da Revolução Francesa. Na Paris onde reinava o Terror de Robespierre, o destino da autora da "Declaração dos Direitos da Mulher e da Cidadã" (1791) acabou sendo a guilhotina. Uma verdadeira mártir dos direitos femininos, Olympe tornou-se personagem do comovente romance histórico da italiana Maria Rosa Cutrufelli, que recria à perfeição a atmosfera da conturbada capital francesa do século XVIII.

    Foto: arquivo pessoal
    Dom Pedro I vampiro (Nazarethe Fonseca):

    Toda vez que passava pela feira (que foram várias) um livro me chamava a atenção: "Dom Pedro I vampiro", tem horas que olhava em pensava: "parece interessante e criativo" e às vezes pensava: "nossa, parece uma bobagem!" (você é do time: interessante ou bobagem? Comente!) Por fim, comprei e assim que ler venho contar para vocês se é interessante ou uma bobagem. 

    Sinopse:

    Pedro é um vampiro. Ele tem hábitos simples, alimenta-se de sangue, dorme durante o dia, dá o ar de sua graça quando chega a noite. Resultado da longa existência, contabiliza inimigos que o perseguem há mais tempo do que pode suportar. É o preço da imortalidade.
    A vida de Pedro já havia sido bem diferente. Em outro momento, ele foi mortal. Muito jovem, teve de enfrentar o desafio de governar uma colônia corrupta e falida, atividade da qual fez questão de livrar-se na primeira oportunidade.
    Cansado de ser contido e controlado, o que não combinava com o seu temperamento, declarou independência de um país tropical, sobre o qual haviam depositado muitas esperanças, mas que andava pouco acreditado. E Pedro o fez prosperar, contra tudo e contra todos!
    Amado, odiado, disputado pelas mulheres, sedento de sangue e de poder, governou o Brasil e nele deixou marcas profundas de suas paixões e desejos. Reis, rainhas e imperadores tornam-se imortais através da morte, como aconteceu a Dom Pedro I, que por um golpe do destino fez o Imperador do Brasil se tornar um vampiro. 

    Foto: arquivo pessoal
    Já leram algum destes livros comentem? Qual gostaram mais? Qual querem resenha primeiro aqui no blog? O que acharam das minhas compras? Comentem.

    14 comentários:

    1. Fico triste por não ter nada do tipo aqui, então me divirto em sebos, que normalmente cobra um preço consideravelmente auto pelos livros, mesmo assim não resisto e compro algumas coisas. Não conhecia os livros que adquiriu então vou esperar a resenha por aqui rsrs

      Beijos.
      https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    2. Oi, tudo bem?

      Adoro essas feiras, sempre dá para aproveitar os preços bons. Pena que onde moro quase nunca tem isso. E onde geralmente acontece fica um pouco longe para mim.

      ResponderExcluir
    3. Oie, tudo bem?
      Adorei! Seria meu sonho aquonter uma banca dessas de R$ 10,00 💖 Queria muito hahahaha.

      Amei suas compras 😍

      ResponderExcluir
    4. Essas feiras são bacanas demais! Quando eu trabalhava em livraria adorava participar delas, principalmente por conta dos alunos, eles ficavam com os olhinhos brilhando de tanta animação, acho isso lindinho demais! Você fez ótimas aquisições, adorei.

      ResponderExcluir
    5. Oi, Tainan!
      Feiras de livros pequenas geralmente são as melhores para encontrar bons livros. Gostei das suas aquisições, espero que vc goste do livro do Sherlock Holmes, é o meu favorito.
      Bjs
      Lucy - Por essas páginas

      ResponderExcluir
    6. Esses eventos literários são maravilhosos!!!
      Já li Bolsas, Beijos e Brigadeiros e te digo que é uma graça. Se jogue nele!!!
      MEU AMOR PELOS LIVROS
      Beijos

      ResponderExcluir
    7. Helloooo!!
      Ahhh eu nao posso ver uma feira que eu ja quero ir, hahaha...se falar feira de livros, aí que fico mais ansiosa pra conhecer.
      Bacana a feira que vc foi, bem variado os livros.
      Sempre é bom ver um post diferente assim.
      Beijos.

      ResponderExcluir
    8. Que bacana essa feira. Aqui na minha cidade não tem mais porque ninguém frequenta, e quando tem são somente livros de poesia e tals e infelizmente nãof azem meu estilo.
      Adorei as suas compras, e pelas fotos deu pra perceber que os preços não estavam tão caros assim

      ResponderExcluir
    9. Olá, tudo bom?

      Que legal! É uma pena que não tenha nada parecido na minha cidade. Apesar de ter mais de duzentos mil habitantes, mal há uma livraria de fato, só sebos e lugares que vende outros objetos além de livros (como papelarias). Com isso, também não temos nada relacionado a feiras que incentivem a leitura. Eu fico refém de ir em outros lugares, como as Bienais do RJ e SP.
      Eu adoro, principalmente, ver as crianças nesses lugares. Os professores normalmente levam e, com isso, as crianças são apresentadas a um novo mundo, pois muitos pais não incentivam a leitura em casa. Gostei muito das suas aquisições, principalmente do livro do Sherlock, ainda não li esse llivro em questão, então não sei se ele é bom, mas estava com um preço maravilhoso! ;)

      Enfim, adorei a postagem :)
      Abraços.

      ResponderExcluir
    10. Oi, Tainam

      Aiiii, essa postagem fez bater em mim uma baita saudade da Bienal! Hahahaha
      E essas bancas de livros por R$10? Eu fico me coçando só de ver a foto! Hahahaha
      Gostei das suas aquisições e eu super leria A Sexta Mulher, pois adoro histórias sobre a Era Tudor e Henrique VIII!

      Beijocas

      ResponderExcluir
    11. Oi, adorei saber da feira! Criciuma é aqui pertinho de mim. E gostei muito das suas compras, embora não tenha lido nenhum, mas ouço infinitos elogios para os livros da fernanda franca, e também esse dom pedro I vampiro eu vi alguns elogios bons.

      ResponderExcluir
    12. Oi Tainan,
      Não sabia dessa feira, mas achei ela bem movimentada, apesar de um pouco cara pelas fotos que vi. Gostei muito das suas compras, mas não leria nenhum desses livros por falta de interesse mesmo.
      Beijos,
      Um Oceano de Histórias

      ResponderExcluir
    13. Oi, Tainan!
      Feiras de Livro são sempre uma tentação haha também acho que a visita que os professores fazem com os alunos nessas feiras são um bom incentivo para as crianças pegarem gosto pela leitura, fico sempre muito feliz quando vejo os jovenzinhos com olhos brilhando pelas bancadas de livros das feiras :3 E você comproou vários títulos bons hein? Desses, o meu preferido é o do Sherlock, mas o da Fernanda França é ótimo também! :)
      Beijos,

      ResponderExcluir
    14. Oi! Que legal quando tem feira de livros na cidade, né? Mesmo que seja pequena eu adoro. Problema é que na minha cidade nunca tem porque ela é minúscula e com baixo índice de leitura, então procuro ir nas cidades vizinhas quando tem rsrs
      Seus adquiridos parecem muito fofos e achei os preços deles bem bacana. Li alguns livros do Sherlock, mas esse ainda não. Vou dar uma procurada pra conhecer. Beijos!

      ResponderExcluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo