• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 31/10/2017

    Resenha: Filha da Floresta de Juliet Marillier



    Editora Butterfly
    Fonte: Arquivo Pessoal



    Olá leitores, tudo bem?

    Hoje a resenha é sobre o livro Filha da Floresta, o primeiro livro da Trilogia Sevenwaters. Quem nos enviou o livro foi a editora Butterfly, parceira aqui do Eu Curto Literatura.


    Informações do livro:
    Título: Filha da Floresta
    Autora: Juliet Marillier
    Número de páginas: 607
    Ficção - Literatura Neozelandesa


    Sinopse: 

    O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e criaturas encantadas, além dos sábios druidas, que deslizam pelos bosques vestidos com seus longos mantos... Passada no crepúsculo celta da velha Irlanda, quando o mito era lei e a magia uma força da natureza, esta é a história de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho, o soturno Lorde Colum, e dos seus seis amados irmãos, vítimas de uma terrível maldição que somente Sorcha é capaz de quebrar. Em sua difícil tarefa, imposta pelos Seres da Floresta, a jovem se vê dividida entre o dever, que significa a quebra do encantamento que aprisiona seus irmãos, e um amor cada vez mais forte, e proibido, pelo guerreiro que lhe prometeu proteção.


    Juliet Marillier
    Fonte: Arquivo Pessoal

    O livro se passa em primeira pessoa, e isso é muito claro, já que parece que vivemos a vida de Sorcha, a personagem principal. A autora se inspirou na obra dos irmãos Grimm, Os Cisnes Selvagens. O livro possui algumas palavras em Irlandês Gaélico, mas não se desespere, pois existe toda a tradução e a pronúncia correta das palavras logo no comecinho do livro.

    Sorcha é a sétima filha de um sétimo filho, ou seja, Sorcha tem 6 irmãos, todos homens. Ao nascer, a mãe deles morre no parto, e o pai que era uma pessoa super alegre e de bem, com a morte da esposa, torna-se uma pessoa fria e que só pensa em suas batalhas com os Bretões. A filha de Lorde Colum, a sétima filha do sétimo filho que segundo as lendas celtas o sétimo filho (do sexo masculino) é dotado de magia e uma intima ligação com a floresta e, consequentemente, os seres da floresta. Mesmo não sendo homem, Sorcha carrega essa ligação com a floresta e ganha até o apelido de Filha da Floresta.

    Sorcha cresce com seus seis irmãos:Liam, Diardmid, Cormack, Conor, Finbar e Padriac; que tem uma conexão inexplicável com ela, além de todos possuírem poderes e dons. Sorcha é o exemplo de menina super moleca, que anda com os pés descalços e não se importa. 
    livros de ficção
    Fonte: Arquivo Pessoal


    Mas tudo muda quando seu pai, Lorde Colum, resolve casar-se novamente com Lady Oonagh, que o manipula. E logo os sete irmãos percebem o poder maligno dela e tentam salvar o pai, porém Lady Oonagh agiu mais rapidamente e lançou uma maldição nos irmãos, contudo, Sorcha conseguiu escapar da maldição e se escondeu na floresta.

    Para que a maldição fosse quebrada, Sorcha recebe uma tarefa muito complicada, e há de realizar para que a maldição se quebre e seus irmãos sejam libertos. Nesse meio tempo, Sorcha passará por terríveis provações inclusive ser levada para a terra dos bretões na personagem de Lorde Hugh (ou Red), inimigos ferrenhos de seu povo em Sevenwaters.


    livros de romance e ficção
    Fonte: Arquivo Pessoal

    Infelizmente, por pura falta de tempo, não consegui finalizar o livro, e prefiro não contar mais detalhes para vocês, até para deixar uma curiosidade. O livro é maravilhoso, apesar de nas primeiras páginas não te deixar tão curioso assim, mas conforme vai lendo, vai se encantando e se apaixonando pela história. Já que não pude concluir a resenha da maneira que pretendia, vou propor que vocês me contem o que acham que vai acontecer com Sorcha, será que ela vai conseguir? Será que seus irmãos serão libertos? Assim, quem sabe, podemos descobrir juntos e comentar em um outro post? Convido vocês também, a conhecerem a editora Butterfly, que nos enviou o livro.

    O design do livro é muito bonito, não poderia deixar de falar. Trabalho impecável, rico em detalhes. Amei! Esse livro inclusive parece bastante com o Dois Mundos: Tesouros da Tribo de Dana, que já resenhei aqui no blog.



     Me contem o que acharam, e claro, o que vocês acham que vai acontecer no final do livro? Comentem! Um superbeijo e até a próxima. 

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo