• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 15/06/2017

    Quotes do livro "os treze porquês" de Jay Asher

    Olá, leitores!

    Depois de ler o livro "os treze porquês reparei que tinha lotado a obra de post it para marcar as citações mais interessantes, então resolvi trazer algumas para vocês. As frases estarão marcadas com as páginas do seguinte livro: escrito por Jay Asher, publicado pela editora Ática em 2017 e traduzido por José Augusto Lemos. Contém spoilers!

    Certo. Acabo de olhar cada nome - cada história - que completa essas fitas. Adivinha? Cada um dos acontecimentos documentados aqui talvez nunca tivesse ocorrido se você, Alex, não tivesse colocado meu nome naquela lista. É simples assim. (página 39)
    A cada dois, três minutos, deem uma olhadinha no relógio da parede. Quanto mais você esperar - e essa é a verdade -, mais devagar os ponteiros vão se mexer. (página 119) 
    Experimente alguém tirar toda a sensação de privacidade  ou segurança que talvez você ainda possua. Aí, então, experimente ver alguém usar essa insegurança para satisfazer sua própria curiosidade pervertida. (página 126)
    Ninguém sabe ao certo quanto impacto tem na vida dos outros. Muitas vezes não temos noção. Mas forçamos a barra do mesmo jeito. (página 135)
    Foi naquela mesa que os piores pensamentos entraram, pela primeira vez, na minha cabeça. Foi ali que comecei a pensar em... a pensar em... na palavra que não consigo dizer. (página 139)
    Espero que não estejam escutando estas fitas salivando por alguma fofoca. Espero que estas fitas signifiquem mais do que isso para vocês. (página 171)
    Você poderia ter me contado qualquer coisa, Hannah. Naquela noite não havia nenhum limite. Eu teria permanecido ali até você se abrir de vez e botar tudo para fora, mas você não fez isso. (página 179)
    O que achou das quotes? Qual a sua favorita? Avisem se querem mais um post neste estilo nos "treze porquês" (tem muito mais citações marcadas) ou de outro livro. Comentem.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo