• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 02/01/2017

    Série: 3%

    Olá, leitores!

    Recentemente, maratonei a série 3%, a qual muitos amigos já haviam me indicado. Trata-se da primeira produção brasileira original Netflix, isto é, com atores brasileiros e gravada aqui. A história se passa em um mundo futurístico dividido entre os ricos (vivem no Mar Alto) e os pobres. O único jeito para a pessoa se elevar de classe social, é indo morar no Mar Alto, sobre o qual plantam a ideia de mundo ideal, é passar por um processo seletivo em que só tem uma oportunidade aos vinte anos, e apenas 3% são aprovados.

    Créditos: Netflix

    Alguns disseram que a série lembra muito "Jogos Vorazes" e "Maze Runner", de fato lembra um pouco, porém as provas estão longe de se parecer com essas. Os desafios do 3% lembram demais uma entrevista de emprego, aliás, a primeira prova é uma entrevista, na qual a pessoa tem que falar o que o entrevistador quer ouvir, o que em nada se difere de um processo seletivo para trabalhar em uma empresa.
    Em vários momentos achei a série um pouco forçada, porque ninguém do lado pobre por assim dizer, esteve no Mar Alto e retornou para dizer como é lá e as pessoas fazem de tudo para estar em um local que nunca nem viram fotos ou fazem ideia de como é. Vale ressaltar que recentemente teve o primeiro homicídio  no Mar Alto, por isso o processo de seleção está sendo investigado.



    Por ser uma produção original Netflix, esperava mais, o nível está muito abaixo de outras como: "Stranger Things" e "The Crown". O cenário não convence, o figurino não me agradou, os pobres usam só roupas rasgadas, acho que podiam representar a pobreza de outra forma. A maioria dos atores é desconhecida, entre os famosos temos Zezé Motta. Algumas atuações me agradaram muito, outras nem tanto. Já os personagens são bem desenvolvidos, a cada episódio é mostrado como era vida de cada um antes de participar do processo e o motivo de estarem ali. A história da série prende quem está assistindo, assisti aos oito episódios em poucos dias, e o enredo possui revelações surpreendentes. Então, apesar dos problemas, acho que vale a pena assistir.

    Já assistiram? Gostaram? Pretendem ver? Comentem.

    25 comentários:

    1. Eu ia fazer uma resenha dessa série no canal hahahaha but eu amei né. Mas gostei da sua opinião Tai. Só que acho que por ser BR acabou rolando um certo receio até mesmo com a distribuição de grana pra produzir, sei não...
      Enfim, beijos!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Faça, já quero ver :D Acho que se tivesse mais grana para produção seria melhor, melhorariam o cenário e figurino.

        Excluir
    2. Olá, Tainan!
      Eu tenho visto e lido muito a respeito dessa série em vários lugares. A cada vez fico mais dividida entre começá-la ou deixá-la de lado.
      Alguns comentários foram muito positivos e me deram muita vontade, mas pelo seu ponto de vista, não sei se eu curtiria muito a série.
      Acho que irei dar uma chance para tirar minhas próprias conclusões.

      Beijos,
      Vitória Abdalla
      Escritora por um Acaso

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Dá uma chance sim, acredito que pelo enredo vale a pena.

        Excluir
    3. Eu quero, mas ao mesmo tempo não estou louca pra assistir a série? Tenho quase certeza que quando eu assistir ela inteira vou me viciar, mas pra ter ideia, não assisti nem Stranger Things pelo mesmo motivo KKKKKKKKKKK Espero que quando assistir ultrapasse minhas expectativas
      http://www.horadaleituraa.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Stranger Things eu acho que vicia mais, assisti inteira em um fim de semana acredita? Só vi a série o fim de semana todo :o

        Excluir
    4. Não obtenho esse costume de assistir séries, mas pelo que você comentou, essa infelizmente deixou a desejar o público ne?!
      Não era necessário retratar a pobreza de tal forma, pelo trailer pude ver que realmente ficou vago essa série!
      Parabens pelo blog, sucesso!

      http://thaineadelaide.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Pois é, podia exploram o tema de outra forma. Muito obrigada :D

        Excluir
    5. Todo mundo falou dessa série. Confesso que ainda não assisti. Me senti tentada ver pela história sabe. No entanto tenho medo de maratonar pq estou cheia de coisas esse mÊs para fazer hahahahaha. Eu sou assim quando gosto deixo de dormir pra ver como termina!

      beijos

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu também sou assim, não desgrudo da série até acabar e gosto de série que me prenda a atenção mesmo.

        Excluir
    6. Oii Tainan!

      Eu amo série, mas essa não parece ser o meu gênero preferido rsrs. Apesar disso e apesar da sua crítica fiquei bem curiosa para saber se é bom ou não. Vou tentar assistir!

      Bjs

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Tenta mesmo, se não gostar, passa para próxima. Que séries você acompanha?

        Excluir
    7. Acho que é mal de brasileiro que - em alguns momentos - não valoriza o seu produto, mas não consegui passar do primeiro episódio da série. Da pra ver que há um investimento na qualidade de imagem, tecnologia utilizada na série, as cores e fotografia me agradaram, mas aquele "Q a mais" eu não senti. Vou dar um tempo pra ver se me arrisco a começar a assisti-la de novo.

      Beijos

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Sim, a qualidade de imagem ficou boa, mas não curti o figurino e o cenário. Mas gostei bastante do enredo.

        Excluir
    8. Eu comecei a assistir mas parei pois estou finalizando HIMYM (desafio aceito! rsrsrs) mas achei interessante. Bom ler sobre os prós e contras, mas vou finalizá-la! Bjo!

      www.pandapixels.com.br

      ResponderExcluir
    9. Me falaram muito bem da proposta dessa série, mas eu ainda não consegui parar e assisti ( porque to com mil séries atrasadas hahaha) o fato é que essa visão de pessoas pobres que colocam não é nada legal ( a questão de roupas rasgadas e etc..)! Eu vou assistir e te conto o que pensei direitinho!

      Beijos,

      www.rodoviadezenove.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Verdade, acho que podiam abordar a pobreza de outra forma. Me conta mesmo :D

        Excluir
    10. Uma das coisas que quero fazer esse ano é assirtir mais séries, não tenho NetFlix mas tenho o custume de ver online. Não comhecia essa ainda e agora está na minha lista de desejos, pareçe ser muito boa *-* adorei a resenha! Patabens!!!

      Beijos,
      www.blogbelacombatom.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Tem algumas que ou não tem na Netflix ou não está atualizada lá, aí vejo online mesmo. Obrigada :D

        Excluir
    11. Eu to lutando pra não assistir, porque eu sei que se assisto um episódio eu quero assistir o dia todo e sempre quero mais e mais, não gosto de me sentir incompleta sabe, fiz questão de não assistir o trailler, mas acabei caindo no seu texto, vi o trailler e agora já quero assistir rs. Faço faculdade de publicidade e propaganda, e esse ano, os professores falaram muito da série e como é ali próximo à Paulista, eu pego trem e na consolação, sempre eu via bem grande na parede a série 3%. Como minha amiga trocou a senha da Netflix e não me passou a nova kkk eu vou ficar sem assistir, mas meu namorado vai me passar o da casa dele e vamos ver né, se eu assisto.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Ainda bem que o namorado vai passar. Eu também faço maratonas para terminar de ver a série logo. Espero que goste da série.

        Excluir
    12. Quando lançou ouvi muitas pessoas dizem que o roteiro é interessante,mas a produção(figurino,cenário etc)foi bem ruim,particularmente não é um gênero que eu me interesse,mas tenho bastante curiosidade em ver,quem sabe quando eu terminar as minhas.Adorei a sua critica sobre a série!Beijos!

      ResponderExcluir
    13. GOSTAMOS BASTANTE DO POST.NUNCA ASSISTIMOS NENHUMA SERIE.VIMOS EM OUTRO BLOG UM POST DESSA SERIE TAMBÉM.
      FICAMOS BEM CURIOSAS PRA ASSISTIR.VAMOS DAR MAIS UMA CHANCE PRA SERIES HAHAHAHA

      ResponderExcluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo