• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 26/08/2016

    Mentira perfeita, de Carina Rissi (resenha)

    Oi, pessoal! Aqui é a Haidy.

    A mentira perfeita é um spin-off de “Procura-se um marido” de Carina Rissi, mesma autora da trilogia “Perdida”. Lá pela metade de Procura-se um marido, somos apresentados ao irmão de Max, Marcus Cassani, que se apresenta como parte central nessa trama.
    Ao contrario do primeiro livro, “A Mentira Perfeita” não apresenta apenas o ponto de vista de um dos personagens, aqui tanto Marcus quanto Júlia vão narrando suas histórias, suas dificuldades e como se conheceram. É um típico chik-list , porém, em minha opinião, bem mais trabalhado do que o livro que lhe deu origem. Vemos também um pouco do relacionamento de Alícia e Max, a volta com o casamento deles e com a catástrofe que o antigo advogado da família deixou pra trás.

    Créditos: Verus Editora

    O enredo:

    Alheio a tudo isso, está Marcus, que decide morar sozinho, pois está em fase de tratamento para possibilitar o retorno de sua mobilidade, perdida em um acidente de moto. Mas, a coisa está desandando, pois seus pais e Max não querem deixa-lo de jeito algum, e apresentam uma condição: ele pode morar sozinho, desde que contrate uma cuidadora. Marcus não quer uma babá e decide mentir: precisa que alguém finja que é cuidador(a) e o deixe em paz, apenas existindo para ser apresentado a família quando necessário. Assim, quando Marcus é apresentado a Júlia, que trabalha na L&L, a empresa de Alícia, em um happy hour, percebe que pode fazer um acordo que ajude a ambos. Aí você já sabe, o resto se desenrola e Júlia está socialmente morta, sua vida é literalmente da casa para o trabalho e do trabalho para a casa, sua mãe a deixou quando muito pequena, e quem sempre cuidou dela foi sua tia Berenice, uma incorrigível romântica. Tão viciada em livros e filmes de amor, quanto em comida de auto teor de gordura. E é por isso que a tia “Berê” precisa de um coração novo. Sua tia vive preocupada porque a garota nunca namorou e tem medo de que morra sem que Júlia se case. Numa tentativa de fazer a tia ficar mais tranquila e não morrer de desgosto, ela acaba mentindo que está namorando. O que ela não esperava era que a tia se recuperasse milagrosamente para planejar seu casamento.

    Personagens centrais:

    Marcus é o total oposto de Max, que era todo certinho, tímido e trabalhador. Apesar de suas limitações, ele vive alegre, sai para beber com os amigos e vive às voltas com várias mulheres, faz faculdade de programação de games e trabalha na fundação Narciso, como professor. No enredo, ele quer sua independência por que está nos estágios finais de seu tratamento, que dirá se ele voltará a andar, ou não. Júlia é apresentada como uma geek com total falta de traquejo social, trabalha como programadora júnior, gosta de ler obras de alto padrão e ama vídeo games. Em seu trabalho é supercompetente e a qualquer hora do dia e da noite, caso o site da empresa apresente um problema, ela vai até lá corrigi-lo. Ama sua tia, como se fosse sua mãe e vive com medo de que ela morra do coração. Só teve um namorado “O cara do Wi-fi”. Como é totalmente desligada, nunca trata Marcus com cautela ou olhar de pena.  Para ela Marcus se vira muito bem e não precisa de ajuda.

    E tem a tia Berenice...


    Nesse caso a impressão é de que Júlia precisa cuidar de uma criança e quase sempre ao voltar para a casa, ela se depara com alguma situação inesperada que sua tia causou. A primeira foi contratar um serviço de casamento em uma mega empresa com direito a fontes de champanhe, pombos e tudo o mais. Pois é, economias de uma vida inteira. Mas para ela tudo é possível. Mesmo com todas as confusões ainda assim consegue ser um dos personagens mais legais da trama. Acho que ela é a tia dos sonhos de qualquer um.

    Créditos: Verus

    É um romance leve e cômico, e Marcus e Júlia formam um casal engraçado e inesperado, com muito mais carisma do que Max e Alícia, o que é surpreendente.
    Assim, concluo que Carina Rissi desenvolveu surpreendentemente sua escrita, desde o primeiro livro, então, é claro, a expectativa é de que seus próximos livros sejam tão bons quanto esse foi.
    Deixo vocês por aqui, e espero que tenham gostado da Resenha, eu pessoalmente amo quando escritores nacionais conseguem ser tão bons quanto os internacionais, e Carina Rissi com certeza o é.

    2 comentários:

    1. Eu amo todos os livros que li da Carina (que foram Procura-se um marido, No mundo da Luna e Perdida), não sabia sobre esse livro, já fiquei super curiosa para ler. Obrigada pela resenha tão completa sem dar Spoilers! Parabéns, você está fazendo um ótimo trabalho!


      youtube.com/c/pricity

      ResponderExcluir
    2. Oi, Tainan!
      Da Carina, eu li somente No Mundo da Luna e me fez virar fã da autora e ler todas as suas outras obras, com Mentira Perfeita incluso.
      Tem promoção rolando lá no blog.
      Beijos
      Balaio de Babados
      Participe da promoção de aniversário do Balaio de Babados e Postando Trechos

      ResponderExcluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo