• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 19/02/2016

    Deixe a neve cair (Resenha)

    Olá, leitores,

    A resenha de hoje é sobre o livro de contos Deixe a neve cair, lançado no Brasil pela editora Rocco em 2013. A obra traz as seguintes histórias: O expresso Jubileu (Maureen Johnson), O milagre da torcida de natal (John Green) e O Santo Padroeiro dos Porcos (Lauren Myracle).
    Os contos se passam na véspera e no dia de natal
    Embora cada conto tenha sido escrito por um autor, as três histórias têm ligações, como, por exemplo, a Waffle House e personagens que são mencionados em mais de uma história.
    O expresso Jubileu conta a história de uma menina, Jubileu, que precisa ir para a Flórida após seus pais serem presos. Mas, por conta de uma nevasca, o trem em que ela viajava com um cara que foi traído pela namorada e 14 líderes de torcida fica atolado. Em meio à neve, Jubileu acaba em frente a uma Waffle House de uma cidade totalmente desconhecida.
    Além do problema dos pais, Jubileu precisa se conformar com o fato de que vai perder a festa de natal da família do namorado, Noah, um cara super popular e ocupado com quem ela namora há exatamente um ano.
    O conto O milagre da torcida de natal traz a história dos amigos Tobin, Duke e JP, que estão fazendo uma maratona de filmes do James Bond durante a véspera de natal. Ao receberem a ligação de um amigo, Keun, que lhes dá a missão de ir até a Waffle House para levar o twister para jogar com 14 líderes de torcida.
    Como nada é fácil na vida, eles precisam enfrentar a nevasca, os gêmeos Reston e outras adversidades para tentar chegar à Waffle House antes dos outros convidados de dos amigos de Keun.
    O Santo Padroeiro dos Porcos, último conto do livro, conta a história de Addie, que está arrasada após levar um bolo do namorado. Como ela o traiu e esse encontro era justamente para conversar melhor a respeito, Addie imagina que está tudo terminado entre os dois.
    Entretanto, após uma conversa com as amigas Dorrie e Tegan, Addie tenta provar que não passou tempo demais preocupada apenas com seus próprios problemas, sem se importar com o que acontece a sua volta.
    Deixe a neve cair é uma leitura boa para essa época do ano, pois além de ter o natal como pano de fundo dos contos, ela traz personagens e narrativas de autores diferentes que se encaixaram muito bem.
    Além disso, a forma como praticamente todos os personagens da história aparecem no último conto ficou bem interessante, pois foram colocados sem tirar o foco da personagem principal e o sentido da história.

    Vocês já leram o livro? Pretendem ler? Me contem nos comentários.

    4 comentários:

    1. Olá!
      Jamais imaginei que esse livro fosse de contos. Não é meu tipo de leitura, mas para quem curte John Green e cia parece ser uma boa pedida e gostei da forma como as histórias são intercaladas!
      Bjs

      EntreLinhas Fantásticas - SORTEIOS NO BLOG! PARTICIPE :)

      ResponderExcluir
    2. Olá!

      Quando eu me interessei em ler o livro, não imaginava que ele fosse de contos. Mas isso me surpreendeu, porque foram três contos muito bons que se conectavam no final. Achei muito interessante, e como sempre o John Green consegue ganhar mais espaço na minha estante. Parabéns pela resenha e pelo blog!

      www.booksimpressions.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    3. Oi, Deborah!
      Desde milhões de Natais passado eu protelo a leitura desse livro. Acho que vou ler sem ser na época de Natal pra ver se rola hahahha
      Achei engraçado o nome do último conto.
      Beijos
      Balaio de Babados | Participe do sorteio do livro Marianas

      ResponderExcluir
    4. Oi!!
      Minha irmã tem este livro e vive falando que é muito legal e que eu deveria ler!
      Pela temática de inverno, que é uma estação do ano que eu amo, acho que vou tentar...

      Parabéns pela resenha!
      Beijo
      http://www.blogleituravirtual.com/

      ResponderExcluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo