• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 09/01/2016

    Filme melhor do que o livro?

    Olá leitores,

    Acredito que muitos de vocês já ouviram ou até falaram aquela frase "o livro é melhor", mas será que o inverso pode acontecer? Vale ressaltar que o filme é uma adaptação, ou seja, não tem obrigação nenhuma de ser exatamente igual ao livro, visto que são mídias diferentes. Claro que quando lemos o livro ficamos imaginando aquela cena exatamente do mesmo jeito, com aqueles diálogos descritos, e muitas vezes a cena é alterada do filme ou até cortada, logo, nos decepcionamos. Um exemplo disso foi a Copa Mundial de Quadribol praticamente cortada em "Harry Potter e o Cálice de Fogo".
    Todavia, o inverso pode ocorrer, ou seja, assistir o filme antes de ler o livro e esperar que livro seja maravilhoso e acabar se decepcionando. Isso ocorreu recentemente comigo em "As vantagens de ser invisível", no qual o filme é um dos meus favoritos, então, fui ler o livro esperando que virasse o meu livro preferido, o qual, aliás, não tenho ainda. Sabe aquela frase "se você não tem um livro favorito é porque ainda não o leu"? Imaginei que seria esse. Talvez fosse expectativa demais em torno dele ou a narrativa não me agradou, mas acabei não gostando tanto da obra,  enfim, em breve terá resenha dele aqui e trago mais detalhes sobre isso.
    Outro caso em que o livro não me agradou tanto foi "Diário de uma paixão". Assim como o anterior, assisti o filme antes e esperei que o livro, assim como a adaptação cinematográfica, focasse mais no romance do casal, contudo, ele detalha mais a doença da mulher, então, imaginei um romance e li um drama. Nada contra, apenas esperava outro gênero.
    Meu filme favorito, Pearl Harbol,  tem um livro, mas, pelo contrário, o filme deu origem ao livro, ou seja, o produtor resolveu escrever um livro após ter feito um filme, só que a ideia não deu certo, o livro não conta mais detalhes da história, apenas escreve tudo que eu já havia visto. Esse é mais um caso em que prefiro a obra cinematográfica.
    Claro que geralmente o livro é mais completo, detalha com mais precisão os acontecimentos presentes no enredo e por isso tendemos a apreciar mais.
    Vocês já viram um filme melhor que o livro? Qual? Concordam comigo? Comentem.

    5 comentários:

    1. No passado eu tinha uma tendência de sempre comparar o livro com a adaptação que era feita para o cinema, admito que os meus critérios eram bem rígidos. Mas já faz um tempo que venho tentando parar com essa mania, acabei percebendo que nunca vai ser algo 100% fiel. Apenas tento curti e aproveitar tanto o livro quanto o filme :)
      Bjs e sucesso com o blog!
      http://escritorawhovian.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Tenho que tentar parar com essa mania também, embora eu tenha certeza de que nunca vai ser igual, já que é uma adaptação. Verdade, temos que curtir os dois :D

        Excluir
    2. Concordo com você em relação As Vantagens de Ser Invisível. Apesar de eu ter lido o livro primeiro, achei o livro melhor. Fora esse, ainda não tive experiência com filmes melhores, mas acredito que possa acontecer!

      Beijos,
      Bia

      www.nasuaestanteblog.blogspot.com | @NaSuaEstante_

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu tenho apenas essas que mencionei no post, sobre as vantagens de ser invisível, ainda bem que você concorda comigo :D

        Excluir
    3. Concordo plenamente com vc ! As mídias são muito diferentes, além de vc ter a questão de que a visão do diretor ou roteirista podem mudar muito o enfoque da história, como é o caso do diário de uma paixão. Se um livro é uma história sendo contada por um autor, a adaptação é uma história sendo contada sobre uma história e isso muda tudo! ;)
      adorei seu blog guria!


      www.clichedechocolate.com.br

      ResponderExcluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo