• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 14/08/2015

    Vida planejada

    Tudo começa na infância, quando os pais já ditam "meu filho vai ser médico ou advogado". E tudo começa a ser planejado: a criança vai para a escola, se forma no ensino médio, entra na faculdade, se forma novamente, conhece alguém, casa e tem filhos. Assim, planejando a vida dos filhos.
    A criança mal entrou na escola e já veem com a famosa pergunta: "o que você quer ser quando crescer?" Como se ela fosse obrigada a saber. Eu dizia que queria ser parteira, profissão que nem existe mais, isto é, fazer partos para colocar bebês no mundo. Achava isso mágico, entretanto, hoje desmaio ao ver sangue.

    Foto: The Secret TV

    A vida não é regrada, você não precisa fazer uma faculdade. Atualmente, nem sendo formado garante um emprego bom. Você não precisa casar, nem ter filhos. O que é necessário é que você seja feliz, independente de como.
    Namoro há dois meses, ou seja, estamos nos conhecendo. Já me questionam da data do casamento. Primeiro, não é porque namoramos que vamos necessariamente casar. Depois, não dá para casar assim do nada, é algo que precisa ser planejado. Não estamos no século XIX em que moças da minhas idade eram encalhadas. 
    Nos cobram uma vida planejada, que siga um padrão imposto pela sociedade, e acabamos por imaginar isso, viver o presente pensando no futuro. Todavia, se algo sai dos eixos, choramos e nos questionamos: "o que farei da minha vida agora?". 
    Quando era mais nova me imaginava com 24 anos, já casada e com filho. Por quê? Simplesmente porque minha mãe estava assim com a minha idade. Hoje, nem formada estou. Parteira? Não obrigada, futura professora mesmo.
    Com respeito a casar, ainda sou aquela menininha que sentava na ponta da igreja me imaginando no lugar da noiva. Quando? Vamos esperar o momento certo, só não agora.

    Comente sua opinião a respeito do texto. Espero que tenha gostado. 


    8 comentários:

    1. Muito bom o texto. Concordo com vocês. A sociedade nos impõe tudo, desde que saímos da barriga, infelizmente. Beijos amiga!

      www.estherlopes.com.br

      ResponderExcluir
    2. Amei o texto (um dos melhores que já li), dai quando você casar a próxima cobrança "-Quando vai ter bebê?" depois do primeiro o segundo e etc.
      Parabéns 👏👏👏

      www.mahjucoelho.blogspot.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Pois é, bem assim, a cobrança não acaba nunca. Fico muito feliz que tenha gostado bastante do texto :D

        Excluir
    3. E infelizmente ainda tem muita gente que vive essa vida que os pais ou a sociedade determina... eu comecei uma faculdade com 19 anos pq era o sonho dos meus pais me ver formada em direito e eu achava que precisava dar isso a eles, sabe... E hoje to aqui, com 24, fazendo a faculdade que eu queria desde o começo... Pq eu percebi que não adianta viver pelos outros, não adianta fazer tudo com pressa pq a sociedade diz que antes dos 25 eu preciso ter um diploma na mao e, pra muita gente, uma aliança na outra. Já escrevi um pouco sobre esse assunto no meu blog tbm... Aliás, é um assunto que to sempre comentando sobre... A gente precisa se libertar dessas imposições da sociedade e desses planejamentos sobre um futuro e uma vida que é só nossa.

      Muito bacana seu texto! Parabens ^^

      Beijos!
      jessicasilvano.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que complicado o seu caso Jessica, ainda bem que hoje você está feliz fazendo o que gosta e queria desde o começo, afinal temos que viver a nossa vida e não a dos outros.
        Vou conferir seus posts sobre o assunto no seu blog :D
        Beijos.

        Excluir
    4. Compartilhadissimo... Me vi no seu texto.

      ResponderExcluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo