• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 16/08/2015

    Poema: saudades

    Olá leitores,

    Como está sendo o fim de semana? O meu tá sendo ótimo. O poema de hoje é sobre saudade, vamos conferir:
    Saudades
    (Florbela Espanca)

    Saudades! Sim.. talvez.. e por que não?... 
    Se o sonho foi tão alto e forte 
    Que pensara vê-lo até à morte 
    Deslumbrar-me de luz o coração! 

    Esquecer! Para quê?... Ah, como é vão! 
    Que tudo isso, Amor, nos não importe. 
    Se ele deixou beleza que conforte 
    Deve-nos ser sagrado como o pão. 

    Quantas vezes, Amor, já te esqueci, 
    Para mais doidamente me lembrar 
    Mais decididamente me lembrar de ti! 

    E quem dera que fosse sempre assim: 
    Quanto menos quisesse recordar 
    Mais saudade andasse presa a mim! 

    Vocês já conheciam a poesia dela? Gostaram? Comentem.

    5 comentários:

    1. Oi, tudo bom?
      Acho que é a primeira vez que entro no seu blog pelo pc, porque não me lembrava desse layout lindo! Ainda não conhecia essa poema, achei muito divo, e fala umas verdades, né? rs
      Beijo!
      www.conversasassim.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. É lindo mesmo, acho que nunca vou enjoar do layout *o* Obrigada.
        Fala mesmo, saudade é um sentimento que todo temos

        Excluir
    2. :3 que lindo poema ♥
      Não conhecia, mas amei.
      Ótima quarta
      bjo

      http://tatianecdesouza.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir
    3. Cara.. que poema bonito. Gostei do seu blog Tô seguindo rs
      www.pontoseabismos.wordpress.com Essa é minha página, visita lá ")

      ResponderExcluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo