• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 14/07/2015

    Se eu ficar (resenha)

    Olá leitores,

    Sei que é um livro famoso, inclusive foi filmado, mas resolvi dar a minha opinião a respeito mesmo assim, visto que quando comentei que leria na Maratona de Inverno vocês falaram que gostariam de resenha. Vamos lá: 
    "Se eu ficar" foi escrito pela Gayle Forman, publicado pela editora Novo Conceito no ano de 2014 e contém 196 páginas. A minha edição tem o primeiro capítulo da continuação, denominada "Para onde ela foi" e entrevista com os autores do filme.
    "Se eu ficar" narra a história de Mia, de 17 anos. Um dia, ela sai para passear com os pais e o irmão caçula quando todos sofrem um grave acidente de carro, seus pais morrem na hora. Mia fica em coma no hospital e tem que decidir se vai ficar viva ou não. A história é narrada em primeira pessoa pela Mia, se dividindo entre a rotina do hospital em que se encontra e a vida que tinha antes do acidente, ou seja, seu relacionamento complicado com Adam e seu sonho em ir para uma faculdade estudar música. 

    Foto: arquivo pessoal

    Com respeito a protagonista, já li críticas dizendo que falta maturidade da parte dela, não senti isso. Acho que pela situação complicada que ela se encontra, agiu como achou que deveria. Aliás, acho difícil ser madura para encarar a perda dos pais. 
    Sobre o Adam, par romântico da protagonista, não me agradou. Acredito que quando não se tem triângulo amoroso, o par romântico deve encantar o leitor, o que não foi o caso. Apesar de narrar o romance dos dois, não foi algo que me convenceu, embora ele tenha ido no hospital ver a garota. Tive a impressão de que ele privilegia mais a carreira do que o romance dos dois em si.

    Adam me convidou para assistir o ensaio da banda dele. E foi pior do que na escola. Se eu já me sentia um peixe fora d'água na minha própria família, me senti um peixe em Marte com os amigos de Adam. 
    Uma coisa que me incomodou muito na obra foi o fato de não possuir capítulos, visto que sempre paro a leitura quando troca de capítulo. O que o livro tem são umas subdivisórias que mostram a troca de tempo da narrativa entre o presente (rotina do hospital) e o passado (antes do acidente), também representado pelo horários dos acontecimentos. Acredito que se tivesse uma troca de capítulos, a leitura fluiria melhor. 
    A edição é boa, com uma letra e espaçamento de tamanho ideal. A imagem da capa é do filme mesmo, acredito que já tenha sido lançado assim no Brasil, pois não vi nenhuma outra.
    Conforme dá para deduzir pelo enredo, é um livro bem dramático que nos transmite emoção. Recomendo para os fãs do gênero. 
    Vocês já leram? Gostaram? Pretendem ler? Gostariam que eu fizesse um "livro x filme"?

    3 comentários:

    1. Ainda estou com esse livro na listinha para ele. Comprei ele e Para onde ela foi, e espero gostar dos dois.
      Abraços Mika,
      Pensamentos Viajantes

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Me disseram que "Para onde ela foi" é bem melhor, já gostei do primeiro, espero gostar da continuação, pretendo comprar logo.

        Excluir
    2. Eu li esse livro por indicação de uma amiga sabe? Quando comecei a ler já sabia que ia ser triste e realmente foi, acho que aborda uma assunto que todo mundo tem curiosidade de uma forma legal, a personagem principal tem que lidar com tudo o que aconteceu e ainda fazer uma escolha importante. Acho que a narrativa faz isso bem, eu gosto do Adam ele é legal e parece gostar mesmo dela, mas acho que ele vai escolher a carreira por conta da decisão final dela. Bem tem o segundo livro né? Preciso esse para descobrir como acaba.
      Hurricane Stars

      ResponderExcluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo