• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 29/06/2015

    Para todos os garotos que já amei (resenha)

    Olá leitores,

    A obra "Para todos os garotos que já amei" foi escrita por Jenny Han, publicada pela editora Intrínseca e contém 316 páginas. 

    Quando escrevo, não reprimo nada. Escrevo como se ele nunca fosse ler. Porque não vai mesmo. Cada pensamento secreto, cada observação cuidadosa, todos os sentimentos que guardei dentro de mim, coloco tudo na carta. Quando termino, fecho o envelope, escrevo o endereço e coloco dentro da caixa de chapéu azul-petróleo. Não são cartas de amor no sentido mais estrito da palavra. Minhas cartas são de quando não quero mais estar apaixonada. São cartas de despedida. Porque, depois que escrevo, aquele amor ardente para de me consumir. Posso tomar o café da manhã sem me preocupar se ele também gosta de banana com cereal; posso cantar músicas românticas sem estar cantando para ele. Se o amor é como uma possessão, talvez minhas cartas sejam o meu exorcismo. As cartas me libertam. Ou pelo menos deveriam.
    O livro é narrado em primeira pessoa por Lara Jean, de dezesseis anos. Ela é a filha do meio e órfã de mãe, sendo assim, Margot, a mais velha, assumiu as responsabilidades da mãe. Já Kitty, a caçula, é mais bagunceira entre elas. A rotina da família muda quando Margot resolve ir estudar na Escócia, assim terminando com o seu namorado, Josh, e fazendo Lara Jean assumir as suas tarefas.

    Foto: arquivo pessoal

    Lara Jean, sempre escreveu cartas para os garotos por quem era apaixonada quando desejava deixar de gostar deles. As cartas eram guardadas em uma caixa, até que um dia, misteriosamente, elas são enviadas para os cinco garotos. Então, eles começam a aparecer, inclusive um deles é Josh, o ex-namorado de sua irmã Margot. A carta é enviada assim que ela coloca uma observação dizendo que ainda gostava dele. Logo, sua vida amorosa vira de cabeça para baixo. 

    Margot diria que pertence a si mesma. Kitty diria que não pertence a ninguém. E acho que eu diria que pertenço às minhas irmãs e ao meu pai, mas isso nem sempre será verdade. Pertencer a alguém... Eu não tinha percebido, mas, agora pensando no assunto, parece que é tudo que eu sempre quis. Ser de alguém de verdade, e que essa pessoa fosse minha.

    Lara Jean é uma personagem bem trabalhada durante a trama. O fato de o livro ser narrado em primeira pessoa fez com que eu me identificasse com ela, além do gosto pela escrita, ela também é fã de Harry Potter. 
    Além disso, o livro trabalha outros personagens e a rotina familiar em si. O enredo também contém triângulo amoroso e rivalidade entre colegas. Apesar de parecer um pouco clichê, a história foge disso, levando o leitor a se surpreender em alguns momentos.
    A linguagem é fácil, fazendo a leitura fluir bem, e a letra é grande com um espaçamento agradável. O livro terá uma continuação chamada "P.S.: ainda amo você".
    Já leram? Gostaram? Pretendem ler? Costumam escrever cartas para a pessoa amada? Me contem nos comentários. 

    16 comentários:

    1. Oi, Tainan! Wow, só essa sinopse já me deixou tipo ''O_O''. Muito boa a resenha, despertou uma vontade minha para ler o livro *-* Abraços do Dan ^^

      bookdan.blogspot.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Adorei tanto essa sinopse que acabei colocando aqui na resenha, é muito fofinha. Que bom que consegui despertar a sua vontade de ler.

        Excluir
    2. Oi, Tainan!
      Acho bem fofa a capa desse livro. Parece ser do tipo de leitura que gostaria para passar o tempo e deixar ainda mais bela minha estante. Gostei muito da sua resenha.

      Beijos!
      livrosdawis.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Achei linda a capa também, embora geralmente eu não costumo gostar com capas com fotos de pessoas, prefiro imaginar o personagem.
        Que bom que gostou Wis :D

        Excluir
    3. O que é a capa desse livro? Achei muito lin-da. *-*
      O enredo também é muito bacana, adorei o fato dela ser fã de HP. <3
      Conquistou meu coração. hahaha
      Beijos.

      http://www.leituradelua.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu também adorei, já gostei da personagem *o*
        Além de que ela escreve *o*

        Excluir
    4. Não conhecia o livro, mas achei bem legal pela sinopse. Me identifiquei com a personagem pelo fato dela adorar escrever assim como eu. Já estou morrendo de vontade de ler o livro.

      Beijos:*
      Dani - Escritas na Chuva

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Eu também, quando era mais nova, escrevia poemas para os garotos que gostava, Hoje escrevo textos.

        Excluir
    5. Ótima resenha Tainan, deu muita vontade de ler. É uma pena que as minhas leituras para as férias já estão todas planejadas.

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. As minhas já estão também, quero ver se cumpro todos :D
        Mas o livro é muito bom, quando quiser emprestado é só pedir :D

        Excluir
    6. Ai, que fofo! Amo livros desse tipo, pena que leio tão rapidinho! ahahah
      Adorei o post, amei a escrita! ♥

      http://www.blogueiranobusao.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    7. Foi bem suave e agradável ler a sua resenha! A leitura fluiu bem sem ser cansativa. Gosto da sua forma de escrever , pude me identificar também com a personagem pq escrevo desde os meus 12 anos ( agora estou véia hehe) mas nunca perdi o gosto e o amor por escrever e ler ! Leio até jornal velho! Bjs

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que linda, muito obrigada pelo elogio *o*
        Eu escrevo desde novinha também, costumava escrever poemas para os garotos que gostava.

        Excluir
    8. Oi =D

      Eu estou louca para ler este livro, só vejo ótimos comentários sobre ele <3
      Há anos atrás eu costumava escrever cartas de amor... agora não escrevo mais kkkk Sei lá, acho que com o tempo fui "endurecendo meu coração" XD

      Beijos,
      Livy
      nomundodoslivros.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Também li muito elogios antes de comprá-lo. Eu escrevia poemas direto, hoje escrevo texto mas raramente.

        Excluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo