• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 17/05/2015

    Poema: Não quero rosas, desde que haja rosas

    Olá leitores,

    Como está sendo o fim de semana? O meu está sendo ótimo. Bom, vamos ao poema da semana:

    Não quero rosas, desde que haja rosas.
    (Fernando Pessoa)

    Não quero rosas, desde que haja rosas. 
    Quero-as só quando não as possa haver. 
    Que hei-de fazer das coisas 
    Que qualquer mão pode colher?

    Não quero a noite senão quando a aurora 
    A fez em ouro e azul se diluir. 
    O que a minha alma ignora 
    É isso que quero possuir.

    Para quê?... Se o soubesse, não faria 
    Versos para dizer que inda o não sei. 
    Tenho a alma pobre e fria... 
    Ah, com que esmola a aquecerei?...

    Fonte: Fotos e fotos

    Vocês já conheciam o poema? Gostam da poesia do Fernando Pessoa? Qual trecho gostaram mais?

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo