• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 12/04/2015

    Poema: Pirâmide do Gato

    Olá leitores,

    Como está o fim de semana? Retirei esse poema do livro A Era do Dia da autora, parceira do blog (aqui), Dryca Lys. Esse é o primeiro poema do livro, ou seja, abri a obra e me deparei com um poema lindo: 

    Pirâmide do Gato 
    (Dryca Lys)

    Na voz das água caindo do céu. 
    Há muito a ouvir, o desejado segredo.
    Oculto no mover do tempo. 
    Há mais do que se imagina.
    No doce amargo do fel.
    A voz da alma revela o desejo, 
    Das palavras subentendidas no silêncio,
    Da voz emudecida que grita...

    Aceitei o que você é e virá a ser.
    E descubra que liberdade é poder.

    As loucuras de uma mente lúcida.
    Chuva de estrelas que rasgam a noite.
    Um raio de luz atravessa a escuridão.
    O sol da noite cobre o dia da lua.
    Sobre os campos de trigo o resvalar da foice.
    Colhendo na aurora as lágrimas do coração.
    Na lucidez de uma alma maluca.
    Toda dualidade será uma.

    Aceitei o que você é e virá a ser.
    E descubra que liberdade é poder.

    Enquanto os reis se rendem à falácia.
    Que a riqueza ilusória demonstra.
    O portal é revelado, alivia o fardo.
    O cumprimento de tudo que fora prometido
    Na velocidade da luz atravesso a galáxia.
    Campos de acácia guardados por gatos. 
    No templo sagrado a rosa dourada se encontra.
    Olhos de esfinge pirâmide iluminada na terra do Egito.

    Aceite o que você é e virá a ser.
    E descubra que liberdade é poder.

    Foto: Sempre Antenados
    Vocês gostaram do poema? Qual o trecho preferido? 

    2 comentários:

    1. O poema é realmente lindo. Parabéns à autora!
      Acho que minha parte preferida é esse finalzinho, que nos incentiva a aceitar ser quem somos :)

      Leitores Forever

      ResponderExcluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo