• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 22/03/2015

    Poema: ó tranças, de que Amor a prisão me tece

    Olá leitores,

    Como está sendo o final de semana? 
    Tirei esse poema do livro Sonetos do Manuel du Bocage, publicado pela Martin Claret em 2004.

    Ó tranças, de que Amor a prisão me tece
    (Bocage)

    Ó tranças, de que Amor prisão me tece,
    Ó mãos de neve, que regeis meu fado!
    Ó tesouro! ó mistério! ó par sagrado,
    Onde o menino alígero adormece.

    Ó ledos olhos, cuja luz parece
    Tênue raio de sol! Ó gesto amado,
    De rosas e açucenas semeado
    Por quem morrera esta alma, se pudesse!

    Ó lábios, cujo riso a paz me tira,
    E por cujos dulcíssimos favores
    Talvez o próprio Júpiter suspira!

    Ó perfeições! Ó dons encantadores!
    De quem sois?... Sois de Vênus? - É mentira;
    Sois de Marília, sois de meus amores.

    Lembrei desse filme kkkk. Créditos: Disney
    O que acharam? Que trecho gostaram mais?

    11 comentários:

    1. Hey, são raros poemas que me conquistam, sério, não sei pq não me dou bem com eles =/ ... mas gostei desse, principalmente do trecho:
      "Ó lábios, cujo riso a paz me tira,
      E por cujos dulcíssimos favores
      Talvez o próprio Júpiter suspira!"

      www.moniitorando.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que bom que esse foi um dos poemas que você gostou Mônica, é lindo mesmo *o*

        Excluir
    2. Que graça de poema, e adorei a foto que você usou no post para ilustrar ele haha.

      http://www.leitecombiscoitos.com/

      ResponderExcluir
    3. Lindo poema, e adorei remeter as tranças a nossa querida Rapunzel.
      Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

      ResponderExcluir
    4. Poemas são vida ♥ haha
      Adorei o soneto! Sempre lindo *-*

      http://apenasumaadoradora.blogspot.com

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Concordo que poema são vida *o*
        Fiquei feliz que gostou, é sempre bom para animar a semana.

        Excluir
    5. qual a caracteristica dele em romantismo

      ResponderExcluir
    6. Olá, Tainan! Tudo bom? Eu espero que sim.
      Eu também curso Letras.
      Estava perambulando pela internet e encontrei o seu blog. Continue enriquecendo este universo digital de Literatura! O mundo está sedento disso.
      Um abraço!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Muito obrigada, são elogios como este que me fazem seguir em frente.
        Abraços!

        Excluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo