• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 17/02/2015

    Sou apenas eu mesma

    Olá leitores,

    Eu sou aquela que não gosta de tirar fotografias pois fica estranha em todas as fotos, ao mesmo tempo não consegue olhar fotografias porque não tem paciência para ficar pensando no que o fotografo quis transmitir ao bater aquela foto. Mas consegue tranquilamente ler um poema e refletir sobre o assunto por um bom tempo.
    Sou aquela que não vê necessidade de postar foto do almoço na internet e nem de se expor demais, talvez por ser tímida.
    Sou aquela que se apavora ao estar em um lugar desconhecido, sozinha em pleno escuro, simplesmente entra em pânico.
    Sou aquela que precisa sentir o papel para ler o livro, porque se distrai facilmente com o Facebook e se não acontece isso, tem dor de cabeça por causa da tela do computador.
    Sou aquela que acha tem poucas amizades, mas valoriza as poucas que tem.

    Fonte: Google imagens

    Sou aquela que consegue falar milhões de besteiras com você pela internet, mas custa a se abrir pessoalmente.
    Sou aquela que consegue fazer milhões de coisas ao mesmo tempo, tais como: falar no Facebook, moderar um grupo no Facebook, postar no blog, assistir televisão e estar ouvindo música.
    Sou aquela que chorou ao descobrir que ia ter que usar óculos mas não vive sem eles.
    Sou aquela que ama declarações de amor, mas detestaria aqueles carros de sons pois acredita que aquilo já é "pagar mico".
    Sou aquela que adora receber flores, mas odeia rosas, simplesmente porque rosas tem espinhos e espinhos machucam.
    Sou aquela que tem que escrever na hora porque se deixar para depois perde o que tinha em mente.
    Sou aquela que acha lindo as pessoas fazerem vídeos, mas na hora de fazer o seu, simplesmente trava em frente as câmeras.
    Sou aquela que se acha comum, mas na verdade é bem diferente de todos.
    Sou aquela que só se sente completa estando ao seu lado.

    A repetição da frase foi proposital para enfatizar a ideia, espero que tenham gostado.

    8 comentários:

    1. Lendo esse texto percebi o quanto somos parecidas HAHAHAHAHAH muito bom o texto!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Não creio, tem outra doida igual a mim? kkkk que máximo!

        Excluir
    2. Você arrasou, que texto lindooooooooooooooooooooo até ri rsrsrs

      Você escreve bem viu, ao contrario de você eu adoro fotos rs mas não posto foto de almoço kkkk

      Os carros de loucura de amor hoje em dia ninguém merece kkkkkkk, na época até se podia dar um crédito rsrsrs

      Abração e fica com Deus

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Pior que ainda tem esses carros hoje em dia, deve ter alguém que gosta, eu estou fora daquilo kkkk
        Obrigada Juliana, vou ver se procuro escrever mais textos.

        Excluir
    3. Adorei o texto, ficou lindo demais, também chorei ao descobrir que tinha que usar óculos kk triste realidade, texto muito bom amiga. Bjs

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Acho que ninguém se imagina usando óculos tão nova, hoje me estranho sem, acho que o óculos me dá um ar de inteligente kkk

        Excluir
    4. Oi... Chamo-me Sirlene Santana *---* Nossa que texto lindo, me identifiquei bastante com algumas partes. E sério que você curte animes? Nossa, já ganhou uma seguidora *--*
      Parabéns pelo blog... até a próxima!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Bem vinda Sirlene! Curto sim, embora não conheça muitos, estou procurando conhecer mais, tens algum para me indicar? Obrigada :D

        Excluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo