• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 24/02/2015

    De repente Ana (resenha)

    Olá leitores,

    De repente Ana é a continuação de Simplesmente Ana, para conferir a resenha do primeiro clique aqui, contém spoilers do primeiro livro.
    De repente Ana é da autora brasileira Marina Carvalho, o livro foi publicado pela editora Novas Páginas no ano de 2014 e contém 317 páginas.
    Estranhei demais o fato de ter uma continuação já que a autora já havia dado um fim no primeiro livro, incluindo o fato de falar que a protagonista teria sido feliz para sempre, o que não ocorre no segundo livro. Todavia, parece que os fãs pediram que eu houvesse uma continuação e assim foi feita.

    Foto: arquivo pessoal

    Ana está viajando com Alex, seu namorado, quando recebe a notícia que seu pai, o rei Andrej da Krósvia sofreu um acidente de helicóptero e está inconsciente, sendo assim, ela terá que assumir o trono, contudo, Ana, como viveu a maior parte de sua vida no Brasil, não entende nada da politica da Krósvia, sem contar que terá barreiras a enfrentar, tais como: a mídia que não a considera preparada para as responsabilidades da coroa e os inimigos do rei. Essa primeira parte do livro é centrada mais nas leis da Krósvia.
    Esse livro, além de ser narrado pela Ana, também é narrado pelo Alex, embora ache fundamental para o desenvolvimento do enredo mostrar a visão dele, o personagem me decepcionou muito, achava que ele era mais compreensivo e apoiasse mais a Ana nesses momentos de dificuldade. Apesar de ser narrado de forma masculina achei desnecessário os palavrões na narrativa dele. 
    Outra personagem que também está presente no livro é a Laika (apelidada pela Ana de nome de cachorro), a ex do Alex, enquanto a Ana fica distante devido aos deveres da coroa, ela aproveita para se aproximar dele.

    Foto: arquivo pessoal

    A leitura é leve e flui muito bem, é aquele livro que costuma fazer você querer ler o próximo capítulo e não largar mais pois é uma trama bem envolvente.
    A respeito da capa, é bonita, mas eu particularmente gostei mais da capa do primeiro livro porque tem aquele ar de livro histórico, as folhas são amareladas e a letra de um tamanho razoável.
    Embora a continuação não seja tão perfeita como o primeiro livro, acho válida a leitura para saber o futuro dos personagens.


    8 comentários:

    1. Sempre li vários elogios sobre o livro 1 e acabei até me interessando em ler... Mas não sabia que na teoria o mesmo já era uma história completa heeheh.

      Mas obrigada pela dica sobre o 2 também.. e apesar de não ser tão bom..valer a pena de qualquer forma!

      ResponderExcluir
    2. Este livro está na minha lista de desejos. Espero futuramente ler. Se eu já tinha vontade de ler, fiquei ainda mais depois de ver sua resenha.
      Abraços Mika,
      Pensamentos Viajantes

      ResponderExcluir
    3. Em janeiro fiz como você, li os dois livros seguidos e também gostei mais do primeiro livro. Também concordo que a primeira capa é perfeita. Enfim adorei saber sua opinião sobre esse nacional.
      Beijos

      Leituras, vida e paixões!!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Que bom que gostou Aline, adorei conhecer a escrita da autora.

        Excluir
    4. Também achei o final de Simplesmente Ana o suficiente. E mesmo tendo gostado muito, não irei ler o segundo.

      Beijos
      Bibliotecando com a Cris

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Achei estranho por ler em seguida, no segundo ela se contradiz, pois já havia terminado a história.

        Excluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo