• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 08/01/2015

    Dono do Facebook indica livro e a obra vira bestseller

    Olá leitores,

    Conversando no almoço com o meu pai (olha como eu chego nas ideias de postagens) ele me contou esse fato que recebeu de um amigo por e-mail. Como é relacionado a livros, resolvi compartilhar com vocês. 

    Mark Zuckerberg, o criador e dono do Facebook, resolveu fazer uma meta para o ano novo,  ela seria ler um livro a cada 15 dias, então convidou os seus seguidores a fazer o mesmo. Inclusive criou a página A year of books (um ano de livros, tradução minha, não confiem rsrs). Continuando o desafio, Mark resolveu postar livro que escolheu para ler, a obra O fim do poder e indicou a leitura.
    Logo após o livro, até então desconhecido, esgotou na Amazon, sobrando apenas os e-books a venda.

    O autor da obra, o venezuelano Moisés Naím agradeceu Mark por indicar seu livro.

    Fonte: Submarino
    Sinopse: O mundo vem passando por uma série de transformações. Potências hegemônicas como os Estados Unidos têm de lidar com cada vez mais limitações em sua atuação, e as grandes companhias agora enfrentam a crescente ameaça dos pequenos empreendimentos. O poder, na política ou nos negócios, está se tornando mais fragmentado. Ao longo de 'O fim do poder', o escritor Moisés Naím discute as mudanças pelas quais o mundo vem passando desde meados do século XX e procura explicar por que o poder é hoje tão transitório - e tão difícil de manter e usar -, examinando o papel das novas tecnologias e identificando as forças que estão por trás dessas transformações. Não se trata do fim das grandes corporações ou do conceito de 'potência hegemônica', mas sim de um fenômeno mais complexo, no qual todos nós estamos envolvidos, e que está instaurando um paradigma inédito na história da humanidade.

    Achei impressionante o fato de alguém famoso indicar um livro e de repente ele entrar na lista dos mais vendidos. Inclusive até brinquei com o meu pai dizendo para ele mandar o seu livro pro Mark. 

    O que vocês acharam do fato? 

    12 comentários:

    1. Fiquei sabendo e achei o fato interessante, afinal nós blogueiras fazemos isso também mas claro com um alcance muito menor. Pessoas com grande visibilidade na sociedade costumam ter esse poder de convencimento e essa sugestão de um livro político social faz com que muitos pensem no assunto. Enfim parabéns pela ideia do post. Também costumo ter ideias assim conversando, vendo algo interessante no dia a dia. Beijos

      Leituras, vida e paixões!!!

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Sim, o papel da blogueira é formar a opinião. Já pensou se uma blogueira indica um livro e ele vira bestseller? Seria muito louco :o
        Podiam ter mais pessoas famosas indicando leituras, talvez surgissem novos leitores a partir deles.

        Excluir
    2. caraca, ele podia indicar meu blog hahaha
      http://www.eimeconta.com.br/

      ResponderExcluir
    3. Ólá, tudo bem?
      Que bom então o Mark usar tal poder para fazer as pessoas lerem.
      Abraços

      chacomresenha.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. To bem e você?
        Achei uma ótima forma de incentivar a leitura, quem sabe não surgem novos leitores a partir daí? Vou torcer para que sim.

        Excluir
    4. Oi, Tainan!

      Uau. Virou um best-seller fácil assim com uma simples indicação! Olha o poder que o dono do Facebook tem... Hahaha espero um dia, caso eu publique o meu, ser indicada assim também pelo Zuckerberg, ó. Apesar de eu me dedicar mais à livros fictícios, esse tem uma premissa interessante e a possibilidade de acrescentar mais à nossa vida. Se O Cara indicou, por que não dar uma chance a essa obra que foge de todos os meus padrões, inclusive de um autor venezuelano? É, vamos lá.

      Adorei seu blog! Que cê acha de uma parceria, ou pelo menos uma "linkagem" mútua?

      Com carinho,
      Celly

      http://melivrando.blogspot.com/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Achei muito legal ele fazer a parte dele incentivando a leitura, ao mesmo tempo fiquei assustada com a tamanha proporção que uma indicação dele tem.
        No momento não estou fazendo parceria com blogs, mas obrigada.

        Excluir
    5. Oiee, tudo bem?

      A ideia do Zuck é bem legal, principalmente por criar um grupo de leitores virtuais. Mas, para um cara como ele, achei que fosse mais próximo da leitura. Como ele criou essa meta, fiquei com a impressão de que ele não lê muito.

      beijos
      Kel
      www.porumaboaleitura.com.br

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Também tive essa impressão Kel, acho que dá tranquilamente de a pessoa ler mais de um livro a cada 15 dias, se ele criou essa meta parece não muito próximo a leitura. Mas dá para notar que ele está tentando se tornar um leitor mais frequente, o que é muito bom.

        Excluir
    6. Eu vi isso e fiquei encantada! Acho que todos os famosos poderiam fazer um projeto desse tipo e divulgar, incentiva muuuito a leitura e permite que excelentes autores se tornem conhecidos dos leitores. Adorei o post!

      Beijos

      http://www.abortoliterario.com/

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Podiam fazer mesmo, seria uma ótima forma de criar novos leitores.

        Excluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo