• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 21/01/2015

    A Droga da Amizade (Resenha)

    Olá leitores,

    Todos os livros da série ganharam novas capas.
    A resenha de hoje é de um livro muito aguardado por aqueles que são fãs do Pedro Bandeira e da série Os Karas: A Droga da Amizade.
    Depois de anos sem ler nenhuma novidade dos cinco amigos super inteligentes que combatiam o mal, foi ótimo voltar a esse universo de aventuras que me fascinava tanto quando era criança e adolescente, por que, afinal, quem nunca quis ser um Kara?
    Acredito que essa série tenha sido fundamental para que eu me apaixonasse tanto por livros, tanto que eu li alguns desses livros em um dia! Embora hoje a trama desses meninos já esteja meio distante do que leio, uma vez que são livros infantojuvenis, eu não conseguiria não ler uma continuação dessa série, que em 2014 completou trinta anos do lançamento de seu primeiro livro, A Droga da Obediência.
    O livro conta como se conheceram e o
    que aconteceu com cada um dos
     personagens principais da série.
    Lançado no ano passado pela Editora Moderna, durante a Bienal do Livro de São Paulo, A Droga da Amizade conta como foi o começo da amizade entre Miguel, Calú, Chumbinho, Crânio e Magri, quando eles ainda estudavam no Colégio Elite.
    O livro, que tem um clima de nostalgia por nos lembrar da infância, relembra não só a turma dos Karas como também outros personagens que se destacaram ao longo dos outros livros, como o Detetive Andrade e a Peggy, que até então era o motivo da aventura do último livro da série, Droga de Americana!, lançado em 1999. Com o passar das páginas vamos reencontrando também alguns dos códigos usados pelo grupo, como o Vermelho, Tênis Polar e Morse.
    Uma coisa que eu gostei bastante nesse livro foi que a história é contada em forma de flashback e é contada enquanto Miguel olha uma foto atual dos amigos, que vem acompanhada de uma mensagem escrita nos códigos que eles costumavam usar quando eram adolescentes, por conta de um dia muito importante na vida do antigo líder do grupo. Ao ver essa foto e ler a mensagem, ele começa a contar o que aconteceu com eles e como cada um deles se tornou um Kara, incluindo Peggy.
    Por mais que eu tenha adorado ler A Droga da Amizade, não posso deixar de manifestar a decepção que tive quando me dei conta de que eles não iam viver mais uma aventura. Embora esse seja um livro naquele embalo de “como tudo começou”, o que até se tornou meio comum em séries, confesso que eu esperava ver os Karas em ação de novo.
    E vocês, já leram esse livro? Conhecem a série? Me contem nos comentários.

    9 comentários:

    1. Nossa que amor de livro em, amo livros com esse ar nostálgico.
      Sexo, Fraldas e Rock'n Roll

      ResponderExcluir
    2. Eu tenho aqui em casa "A Droga da Obediência" e nunca li. Na verdade, foi um livro de literatura de um dos meus irmãos da escola! Minha mãe disse que essa série é ótima e sempre foi a fim de procurar os outros livros da série!
      Espero poder ler esse livro em breve pra ver se gosto da história!
      Beijos ♥
      Rabiscos & Cenas

      ResponderExcluir
    3. Gente, Pedro Bandeira me lambra muuuito minha época de Colégio hehehe. Adoro !

      Deu até vontade de ler os livros dele que ainda não li Tainan :)

      Beijooo !

      | O Blog Que Não é Blog |

      | Sorteios Na Web |

      ResponderExcluir
    4. SIIIIIIMMMMM
      Tenho ate hoje a Droga da Obediencia e Pantano de Sangue!!!
      Ainda nao tive oportunidade de continuar, mas tambem fizeram parte da minha infancia...e com certeza ainda irei leê-los!!!

      Que massa....mas agora fiquei preocupada quando disse da sua decepção, mas mesmo assim leria com maior prazer!!!

      www.devoreumlivroeoufilme.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    5. mas nao tem uma ultima aventura com eles nos estadus unidos?

      ResponderExcluir
    6. É o melhor q eu vi os outros resumos da internet ficaram uma bosta

      ResponderExcluir
    7. É o melhor q eu vi os outros resumos da internet ficaram uma bosta

      ResponderExcluir
    8. Não sei se felizmente ou infelizmente mas nós crescemos, e gosto da idéia de ser traçado este paralelo: eles também cresceram né?
      Gosto muito dos livros do Pedro Bandeira e assim que tiver oportunidade lerei o novo.

      ResponderExcluir
    9. onde posso baixar grátis o livro 'A droga da amizade'?

      ResponderExcluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo