• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 07/12/2014

    Poema: Não posso esquecer você

    Olá leitores,

    Tirei esse poema do livro No Encontro de uma Constante do autor Bruno Luiz Mattos, em breve terá resenha do livro aqui no blog.

    Não posso esquecer você
    (Bruno Luiz Mattos)

    Dizem para fazer
    é o que esperam fazer
    o esquecimento é a saída que todos treinam
    sem perceber para onde estão fugindo.

    Diferença da diferença
    que deixa palavras bonitas de lado
    convenções não explicadas
    que simplesmente são seguidas.

    Não queremos partir
    e fragmentos um inteiro de nós dois
    em busca de um eu mais completo.

    Não posso esquecer você sem perder 
    o significado de vários significados.

    Aquele primeiro beijo verdadeiro
    aquela inspiração de eternidade em nossos versos.

    As atitudes de amor para amar
    que não precisam de justificativas.

    Não posso esquecer você
    ainda lembro o beijo que nem a chuva parou.

    Não posso esquecer você 
    por saber que fiz tudo para merecê-la.

    E nossas perspectivas eram de barro 
    que em algum lugar se tornou concreto
    mas aqui, onde essas palavras podem existir
    é tudo algo incerto.

    Onde preciso chegar
    você precisa existir.

    Por isso não posso esquecer você
    porque não posso ficar sem o que ganhei 
    por ter você
    por perder você.

    Gostaram? Gostam de poemas longos de amor? 

    6 comentários:

    1. To chorando já hahaha é tipo "nao posso esquecer voce" mas no meu caso que eu PRECISO esquecer faço o que???
      Vou ler Não se apega, não novamente, quem sabe ajude :(

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Desabafa com a amiga aqui :D
        Se te fez bem, leia.

        Excluir
      2. Tenho para mim que o esforço para esquecer é que faz lembrar mais. E na minha opinião tentar esquecer é um ato negativo contra nossa história.
        Tudo de bom Katyn, seja lá o que esteja passando, lembre-se que o movimento da vida faz tudo se dissipar quando buscamos novas coisas boas \o/

        Excluir
      3. Que comentário incrível, obrigada Bruno :D

        Excluir
    2. Tainannnn eu não tinha visto esse post rs google, face e etc, ninguem me avisou hahaha

      Eu gosto muito desse poema, porque ele tem uma história muito legal, e saber que você gostou me deixa tão felizzzzzzz.

      Muito obrigado por postar algumas poesias aqui no seu blog, seu trabalho é sensacional *-*

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Pode deixar que da próxima vez eu te aviso pelo facebook.
        De nada, suas poesias são lindas e merecem serem lidas por muita gente.

        Excluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo