• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 05/10/2014

    Poema: Via Láctea

    Olá leitores,

    Como está sendo o fim de semana? Votaram? Bom, vamos ao poema de domingo, esse é bem conhecido, mas eu acho lindo!

    Via Láctea
    (Olavo Bilac)


    "Ora (direis) ouvir estrelas! Certo 
    Perdeste o senso!" E eu vos direi, no entanto, 
    Que, para ouvi-las, muita vez desperto 
    E abro as janelas, pálido de espanto... 



    E conversamos toda a noite, enquanto 
    A Via Láctea, como um pálio aberto, 
    Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto, 
    Inda as procuro pelo céu deserto. 



    Direis agora: "Tresloucado amigo! 
    Que conversas com elas? Que sentido 
    Tem o que dizem, quando estão contigo?" 



    E eu vos direi: "Amai para entendê-las! 
    Pois só quem ama pode ter ouvido 
    Capaz de ouvir e entender estrelas"


    Foto tirada do google
    Vocês já conheciam o poema? Gostaram? Boa semana.

    6 comentários:

    1. Não conhecia mais achei muito lindo *-*
      Quem nunca conversou com as estrelas? converso sempre ! muito bom!!!
      esperamos voce la no nosso blog www.luvup.blogspot.com.br
      beijinhos e não deixe de comentar :)

      ResponderExcluir
      Respostas
      1. Quando ouço falar em conversar com as estrelas me lembro da Lola do livro Lola e o garoto da casa ao lado, ela sempre falava *o*

        Excluir
    2. Faz um tempo que não converso com as estrelas...

      Seguindo aqui, beijos!
      http://www.jessikasantiago.com.br/

      ResponderExcluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo