• início
  • contato
  • parceria
  • blogroll
  • Livros Resenhados

  • 18/08/2014

    Série Os Bridgertons: O visconde que me amava



    Olá leitores,

    O Visconde que me amava é o segundo livro da série Os Bridgertons, para ver a resenha do primeiro clique aqui, escrito pela Julia Quinn e publicado pela editora Arqueiro em 2013. 
    O romance se passa no século XIX e conta a história de Anthony, o qual já vimos sua personalidade forte em Duque e eu, todavia, é nesse livro que entendemos  as razões que o fizeram ser assim: Anthony, por ser o filho mais velho, sofreu muito com a perda da figura paterna, sendo assim, assume o lugar de seu pai nos negócios da família. Contudo, até então estava vivendo a vida de solteirão convicto, isto é, dormindo com várias mulheres. Todavia, aos 32 anos, Anthony decide se casar, com a finalidade de continuar a linhagem da família Bridgerton, portanto, faz uma lista de exigências para escolher a esposa:

    Primeiro, a mulher deveria ser razoavelmente atraente. [...] Em segundo lugar, não podia ser burra. Essa, refletiu Anthony, talvez fosse a mais difícil das exigências. [...] Ele conseguiria evitar conversar com uma esposa que não fosse muito inteligente, mas não queria filhos estúpidos. Em terceiro lugar, e isso era o mais importante, ela não podia ser alguém por quem ele se apaixonasse de verdade.
    Seguindo sua lista, conclui que a moça ideal é garota mais cobiçada da temporada: Edwina Sheffeld, entretanto, ela sempre deixou claro que só se casaria com a permissão de sua irmã mais velha Kate. Logo, Anthony passa a ter que agradar Kate, a qual não concorda com romance pois o considera um libertino (mulherengo) e ele acaba sentindo atração pela garota. 
    O interessante do livro é que mostra o protagonista Anthony com um ser humano normal, ou seja, além de ser bonito e interessante, ele possui defeitos, isso pode soar obvio, porém, existem livros que os personagens são absolutamente perfeitos.
    Kate é uma moça teimosa, engraçada,  podemos dar várias risadas com as trapalhadas dela pois ela possui a capacidade de pagar micos. A protagonista é encantadora ao ponto de nos apagarmos a personagem, já li o terceiro livro da série e fiquei procurando para ver se havia alguma notícia dela.
    Lady Whistledown, a colunista fofoqueira da série, marca presença também nesse livro.
    Vale ressaltar que o livro apenas se passa no século XIX, isto é, a linguagem é atual e simples de entender. Até agora é o meu prefirido da série, portanto, recomendo.







    4 comentários:

    1. nossa eu quero lerr gente, amei a resenha
      e claro amei o blog e segui beijos blogdaxavier.blogspot.com.br

      ResponderExcluir
    2. Pessoas exigente como esse Anthony, costuma pagar com a linguá um dia, e pelo visto ele logo se apaixonou por uma daquelas que deveriam se encaixar apenas em suas exigências, e não em seu coração.

      Adorei a resenha Tainan. Livro super interessante, vale a pena ler mesmo! Bjos

      Lyu Somah
      http://lyusomah.blogspot.com.br/

      ResponderExcluir

    Eu curto literatura. Todos os direitos reservados.© - Powered by Blogger. imagem-logo